At midday on Friday 5 February, 2016 Julian Assange, John Jones QC, Melinda Taylor, Jennifer Robinson and Baltasar Garzon will be speaking at a press conference at the Frontline Club on the decision made by the UN Working Group on Arbitrary Detention on the Assange case.

Friday, December 17, 2010

NÃO ABANDONEM AGORA JULIAN ASSANGE - PORTUGUÊS

Não Abandonem Agora Julian Assange

http://stevebeckow.com/

O ultimo ataque a Julian Assange veio da trabalhadora da Luz Jane Burgermeister. (1) Estão a suceder vários ataques de vários quadrantes, de muitos trabalhadores da Luz.

O presente ataque sugere que o Economist deu a Assange uma recompensa em 2008 e o Economist é propriedade dos Rothschilds. Também sugere que a Amnistia Internacional deu uma recompensa a Assange e a AI é referida como tendo ligações com as Nações Unidas e o Fundo Monetário Internacional.

Por tanto, temos aqui o nosso primeiro desafio (e avisei-vos que iríamos ter) se devemos agir como ratos lemmings ou não. Ireis prescindir da vossa capacidade de raciocínio a favor deste comportamento de imitação?

Os Rothschilds sabem muito bem como neutralizar os esforços dos trabalhadores da Luz. A estratégia habitual é dividir e conquistar. Lançam os trabalhadores da Luz uns contra os outros e observam o seu trabalho a consumir-se em chamas. Ambas as facções Rothschild e Rockefeller dos Illuminati, têm estado a fazer tudo o que está ao seu alcance para virar o mundo contra o Presidente Obama e, segundo o meu ponto de vista, estão agora a fazer o mesmo com Julian e com o Wikileaks.

O que dizem sobre Julian não necessita ser verdade. Porque podem iniciar um boato falso, isso irá dividir os trabalhadores da Luz na mesma e o dano terá sido praticado. Quantos jornais publicam contradições na primeira página? As contradições habitualmente são enterradas e o dano foi deixado sem ser responsabilizado.

Necessitamos todos fazer uma escolha. Nunca mais teremos informação completa sobre a qual possamos basear as nossas decisões. Tal como eu nunca soube a verdade antes tomar uma decisão na minha sala de escuta, por isso, também aqui não sabemos a verdade embora tenhamos que agir.

O efeito da divulgação de Julian e do Wikileaks é tornar cada vez mais difícil uma guerra assalariada no Afeganistão e no Iraque. O efeito das sugestões dos trabalhadores da Luz de que Julian é uma ferramenta da cabala é para anular o impacto da divulgação do Wikileaks.

Temos de decidir se vamos abandonar Julian agora e ver a cabala a sobreviver ao assalto frontal que os efeitos dos esforços de Julian representam, ou assumir o risco de possivelmente tomar a decisão errada mas alcançar o impacto completo da divulgação da posição do Wikileaks.

Não se importem com as personalidades envolvidas. A divulgação do Wikileaks é a nossa melhor jogada para atar a cabala com nós. Abandonem agora Julian Assange e iremos perder essa ferramenta na nossa caixa de ferramentas.

Simultaneamente a cabala irá procurar no meu passado e dizer: “Beckow fumou ‘charros’ quando andava na Universidade”. E então? Também pratiquei amor livre nos anos 70 e actualmente apoio o ramo local do partido democrático (o Novo Partido Democrático, o terceiro partido político aqui no Canadá). Ireis também permitir que eu seja varrido com uma vassoura e eliminado da cena? Se eles espalharem um boato que possa parecer que também sou uma ferramenta da cabala, ou a Lisa Renee, ou Lauren Gorgo, também ireis deixar de nos apoiar? Mas é precisamenre isso que eles fazem.

Apoiar Julian Assange não vos vai deixar numa posição de fraqueza ou humilhação. O facto de não apoiar Julian Assange é que poderá muito bem causar isso.

Não me interessa o que a Jane diz, ou Alex Jones, ou David Icke, Kurt Nimmo, ou Vicky Chryso. Agora não é tempo para vacilarmos.

Não deixem que a cabala nos divida. Ela não pode conquistar-nos. É demasiado tarde para isso. Pode apenas semear confusão nas nossas fileiras mas isso é o maior dano que nos podem causar. Mas nem mesmo permitam que isso venha a acontecer.

Não deixem que eles se aproveitem do vosso desejo de ser honestos e seguidores da moral e vos alimentem com informação em que pareça que Julian está implicado – escândalos sexuais, ‘luvas’ recebidas, ligações seja com o que for. Mesmo que sejam verdade, que penso que não é, a ocasião de tratar disso irá ser mais tarde. Agora é a ocasião para vos manterdes firmes.

Lamento, Jane. Eu apoio Julian Assange. E lamento todos os trabalhadores da Luz que o abandonam neste momento crítico. O que Julian fez foi a coisa certa. Foi o passo certo para atingir. Isso promete iniciar um marco na capacidade da cabala para praticar guerras ilegais. È possível que alguns boatos sobre Julian possam ser verdadeiros. Para mim não é essa a questão. Podemos lidar com o resultado disso depois da divulgação causar o seu efeito.

A questão primordial é que o que Julian fez, enfraqueceu a cabala. Quero-me libertar dos cadeados delas. Preocupar-me-ei com o resto depois de termos conquistador a nossa liberdade.

Notas complementares:

(1) http://poorrichards-blog.blogspot.com/2010/12/wikileaks-founder-julian-assange-has.html

Veja os sites espelho do Wikileaks em:

http://wikileaks.info/


POR FAVOR , ASSINEM ESTAS PETIÇÕES


http://www.avaaz.org/en/wikileaks_petition/?vl

http://act.demandprogress.org/act/wikileaks/?akid=33.298097.U_2Dgw&...



No comments:

Post a Comment